O Prof. Nelson Leme da Silva Junior, presidente do CREF4/SP, recebeu a Medalha “Heróis de 32 – Luta e Constituição” – em homenagem ao Dia do Professor – durante as comemorações da Solenidade Alusiva ao “Ano do 85º Aniversário da Juventude Constitucionalista” e à Valorização de Dignitários que Apoiam as Forças de Segurança Pública. O evento foi organizado pela Sociedade Veteranos de 32 – Núcleo MMDC Ibirapuera e realizado no dia 18 de outubro, no Auditório Paulo Kobayashi da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp).

O presidente do CREF4/SP fez parte, também, da composição da mesa e participou da entrega da medalha de outras categorias de homenageados. Entre os participantes da mesa estavam o deputado estadual Coronel PM Paulo Adriano Lopes Lucinda Telhada, que presidiu a mesa solene e foi o proponente da cerimônia; Coronel PM Lima; representando as polícias militares e forças armada, de segurança pública, o 2º Sgt PM José Roberto Calazans; o jornalista da TV Record, apresentador do Programa São Paulo no Ar, William Travassos; o fiscal de Rendas da Fazendo do ESP, Dr. Alberto Jabur; Ten Cel PM Ricardo Villalva, representando o CeCaP-EEF; Dr. João Cury Neto, presidente da FDE – Fundação para o Desenvolvimento da Educação; e Augusto Pereira de Melo, diretor do Corinthians.

William Travassos, feliz com o convite, falou da importância da homenagem, do pertencimento a uma sociedade, a uma casa, de uma família e, por fim, do reconhecimento dos homenageados que cuidam da nossa segurança. Cel Villalva aproveitou a oportunidade para convidar à aproximação entre o CREF4/SP e a Escola de Educação Física da PM. Dr. João Cury Neto ressaltou o exemplar trabalho realizado pelo Cel Telhada e a importância das homenagens aqueles que participaram da Revolução de 1932. “Homenagens servem para resgatar valores”, disse.

Augusto Melo, honrado pelo convite, agradeceu e parabenizou a todos. O Sgt Calazans disse a todos que podem confiar na PM. Dr. Alberto Jamur falou sobre a existência de uma barreira transparente entre o caos e a ordem. Para ele, existe ordem em São Paulo porque a PM junto com a Polícia Civil e Guarda Civil Metropoltina proporcionam isso e assim os cidadãos conseguem encontrar a democracia.

Coronel PM Lima saudou a todos, levando um abraço do Cel Ventura, que não pode comparecer. “Impossível pagar o valor que cada um tem, por isso existem as medalhas, que ficam do lado do coração, onde deve ser guardada para sempre. O mérito não está em receber as homenagens, mas sim em merecê-las”, concluiu.
Para o deputado Cel Telhada, receber a todos na Assembleia Legislativa é uma honra.

Nelson Leme da Silva Junior agradeceu a todos pela indicação, lembrou da importância de um bom relacionamento com todas as esferas nas quais a Educação Física está inserida, inclusive as instituições militares e colocou-se à disposição da Escola de Educação Física da Polícia Militar (EEFPM). Para ele, foi um grande orgulho, diante da importância do evento, estar representando o Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região e, portanto, os Profissionais de Educação Física registrados. Como um dos poucos civis homenageados, lembrou da importância da valorização da Educação Física, da descentralização do Conselho, da luta pela permanência da Educação Física nas escolas, da inserção na área da saúde e da preocupação constante com a sociedade. “Queremos manter a sociedade atendida por Profissionais competentes e registrados no Conselho e, para isso, estamos desenvolvendo diversos projetos e parcerias significativas”, disse. Sobre a homenagem, concluiu afirmando que o CREF4/SP prestigia todas as instituições militares principalmente as parceiras e entre elas está a EEFPM.

Além do Prof. Nelson Leme da Silva Júnior, entre os homenageados na solenidade pelo Dia do Professor estavam: Profª Adeneia Carvalho Santana (N.MMDC Leste), 1º Tem PM Pedro Hiran Esteves Ornelas (ESSgt), Sub Ten PM Marcos Rogerio Gonçalves Pita (ESSgt – 30 Anos Sv) e Prof Renato Inácio – CREF 013901-G/SP.
O evento reuniu autoridades de destaque de vários batalhões da Polícia Militar, entre eles coronéis, tenentes e sub-tenentes, capitães, sargentos, cabos e soldados, subinspetor da GCM, bem como sargentos, cabos e soldados da 4º BPChq – GATE e seus familiares.

Medalha “Heróis de 32” – A Medalha “Heróis de 32 – Luta e Constituição” foi criada com o fim de galardoar pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras, que por seus méritos e serviços relevantes prestados a São Paulo e ao culto da Revolução Constitucionalista de 1932, tenham-se tornado pessoas dignas de especial distinção, por apoiara Epopeia de 1932 e à Sociedade Veteranos de 32-MMDC. Para saber mais, leia o Decreto nº 59.908, de 6 de dezembro de 2013.

Print Friendly, PDF & Email

 Este post não tem tags para mostrar.