O Jornal “Folha de São Paulo” publicou matéria, em 28.02.2016, com o tema Academias para terceira idade se tornam nicho de mercado, que traz a oferta de “musculação terapêutica” sob supervisão do Profissional Fisioterapeuta.

O texto descreve características do público alvo que utiliza essa forma de intervenção/tratamento, como sendo de indivíduos a partir dos 40 anos, com a média de idade de 58 anos, e que têm desde dores articulares até mal de Parkinson e Alzheimer e são atendidas de forma individualizada ou em grupos de, no máximo, 03 (três) a 04 (quatro) pessoas por sessão.

O CREF4/SP esclarece que não há restrição para o exercício da fisioterapia em academias, bem como a utilização de seus aparelhos, desde que o trabalho seja exclusivamente fisioterapêutico e não atinja os atos privativos dos Profissionais de Educação Física, devendo o beneficiário possuir encaminhamento médico, o que o caracteriza como paciente.

Temos feito esta constatação durante a fiscalização em academias que oferecem tanto Profissionais de Educação Física para atendimento aos alunos quanto Fisioterapeutas para assistência aos pacientes: um convívio harmônico e uma clara observação e conduta sobre as competências privativas de cada Profissional.

Do contrário, sendo constatadas irregularidades no campo de atuação do Profissional de Educação Física, o CREF4/SP adota todas as medidas cabíveis à situação.

Ressalte-se que a academia deve, obrigatoriamente, possuir registro de Pessoa Jurídica no Sistema CONFEF/CREFs, como é o caso das empresas citadas na matéria.

A tendência, atualmente, é que o trabalho com equipe multidisciplinar extrapole o âmbito da gestão da saúde pública e privada, como em Unidades Básicas de Saúde e hospitais, e alcance as academias, clubes e clínicas.

Em face dessa demanda cabe a cada profissional da área da saúde, integrante da equipe, atuar segundo suas competências próprias, em prol de ofertar atenção integral e resolutiva à saúde da população.

Por: CREF4/SP

Fonte: Jornal Folha de São Paulo

Foto: Bigstock

Print Friendly, PDF & Email

 Este post não tem tags para mostrar.