logo-pnud

O levantamento do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) entrevistou 572 escolas de diferentes regiões e níveis socioeconômicos do Brasil — e de todos os níveis de ensino — para avaliar se esses espaços oferecem ou não estímulos à prática de esportes e exercícios. A amostragem, divulgada durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, mostrou que o Brasil está longe de considerar o esporte como uma ferramenta de ensino e empoderamento dos jovens.

O objetivo do documento é propor “Escolas Ativas”, um modelo de aprendizagem que contemple o movimento e as atividades físicas como parte integral do processo de formação.

O relatório da agência da ONU avaliou ainda outros aspectos, entre eles, a realização de pausas para a prática esportiva e a oferta extracurricular de atividades físicas; e também perguntou aos gestores das escolas se os estabelecimentos são usados pelos alunos e pela comunidade fora dos dias úteis para a prática de esportes.

Leia na íntegra da matéria publicada no site da ONU no Brasil clicando aqui.

Fonte: PNUD

Print Friendly, PDF & Email

 Este post não tem tags para mostrar.