A cadeia produtiva da Educação Física demonstra que o setor está preocupado – e atuante – quanto aos reflexos da crise provocada pelo COVID-19.

Tal preocupação é conjunta. Se estende desde o Profissional de Educação Física a empresas e diversas entidades.

Assim sendo, informamos quais ações e medidas já foram colocadas em prática pelas instituições – FEPEFI, SINPEFESP, SINDESPORTE, SEEAATESP, CREF4/SP e ACAD, que assinam este documento.

Profissionais, trabalhadores e empresários esperam por uma solução que não os prejudiquem, mas a verdade precisa ser dita. Vivemos em momento de exceção, no qual todos perderão!

Há uma comissão destinada a encontrar saídas, mas seu alcance, até o momento, visa a apenas minimizar danos. 

As Entidades Sindicais, Profissionais e Associações, portanto, buscam chegar a um entendimento comum na adoção de algumas medidas através de um termo aditivo na CCT - Convenção Coletiva de Trabalho.

Foram flexibilizados pontos cruciais e necessários como:

- Aplicação de licença remunerada, ou banco de horas, ou aplicação de férias coletivas e individuais; 

- O CREF4/SP busca intermediar e conglomerar as respectivas entidades aqui citadas para formular planos de ações, na medida e competência de cada entidade. Quer, ainda, esclarecer, em tempo real, a todos os profissionais, empresários e entidades; 

- A dedicação e os estudos realizados por parte do Conselho resultaram em flexibilização, que culminaram na dilatação do prazo para o pagamento com desconto da anuidade 2020, dos Profissionais de Educação Física e das pessoas jurídicas. O pagamento parcelado da anuidade, também, será prorrogado. Trata-se de uma grande conquista para o Profissional de Educação Física, viabilizada pelo CREF4/SP;

- As entidades que compõem o grupo, estão atentas trabalhando em comum acordo pela saúde financeira do setor e pela manutenção do trabalho e emprego.

Consulte sempre a sua entidade de defesa!